Blog da Adapte

Comportamento Verbal, quem ensina, aprende

Por Marcia Pedralino

A ABA é a sigla em inglês usada para a ciência da Análise do Comportamento Aplicada. Uma das disciplinas mais importantes da ABA é o Comportamento Verbal. Normalmente utiliza-se o termo verbal para falar da comunicação através da fala ou escrita. Mas Skinner, que foi o pesquisador que desenvolveu a teoria do Comportamento Verbal, incluiu na definição desse termo todos os comportamentos que a gente usa para se comunicar. Ou seja, além da escrita e da fala, o Comportamento Verbal inclui, os gestos como o apontar, as imagens como a figuras e pistas visuais, os sinais de comunicação como a língua brasileira de sinais, enfim, todos os comportamentos que tenham o objetivo de comunicar algo.

O comportamento de comunicação, especialmente a fala, costuma ser aprendido de forma muito natural pelas pessoas típicas, por observação e...

Continue lendo...

9 em Cada 10 Mulheres Autistas Já Foram Vítimas de Violência Sexual

Por Marcia Pedralino e Tatiana Takeda

Ainda nos dias atuais, ser mulher ainda é uma condição que por si já implica um estado de vulnerabilidade perante a violência. A mulher com deficiência está ainda mais vulnerável. É o que mostra o Atlas da Violência 2021, elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), juntamente com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

A partir de Estatísticas disponibilizadas pelo programa de Vigilância em Violência e Acidentes do Sistema Nacional de Agravos de Notificação (Viva/Sinan), do Ministério da Saúde, o estudo mostra que as mulheres com deficiência correspondem a 60% das vítimas de violência cometida contra pessoas com deficiência, sendo mais de 42,1% são casos de violência doméstica, ou seja, os principais algozes são familiares...

Continue lendo...

Como Identificar em que Fase de Desenvolvimento Está a Sua Criança

Nas consultas pediátricas, o médico irá perguntar coisas como: Sua criança já sorriu? Rolou para o lado? Gosta de ser abraçada? Balbucia de volta, ou sorri quando vê uma cara nova?

Todas essas perguntas, por mais simples que pareçam, têm relação com os marcos do desenvolvimento da criança. E é muito importante estar atento e observar cada detalhe, para ver se cada estágio do desenvolvimento está sendo atingido adequadamente e no tempo esperado.

Embora cada criança seja única, vale lembrar que cada marco do desenvolvimento tem uma faixa etária esperada, e quando se trata do desenvolvimento atípico é comum haver atrasos para alcançá-los. Por isso, ao se observar demora no desenvolvimento, é importante intervir com terapias de estimulação precoce, como a ABA, por exemplo.

O que esperar do desenvolvimento da...

Continue lendo...

AUTISMO INVISÍVEL

A realidade do diagnóstico de autismo em pessoas negras

  1. Crianças autistas negras têm 2,6 vezes mais probabilidade de receberem diagnósticos errados de transtorno de ajustamento ou transtorno de conduta, antes do diagnóstico de TEA
  2. Crianças autistas negras não são mais propensas a ter comportamentos de agressão e hiperatividade do que as crianças brancas no espectro
  3. A probabilidade de diagnóstico de crianças negras aumenta quando o indivíduo tem apresentações clínicas de TEA que requerem maior nível de suporte
  4. Atrasos nos processos de avaliação de crianças negras podem alongar entre 1,5 e 3 anos o processo de diagnóstico de TEA

O racismo contra negros é um problema que também se estende ao campo do autismo afetando desde o diagnóstico até o encaminhamento e prestação de serviços adequados....

Continue lendo...
Close

60% Completado

Quase pronto

Estamos constantemente envolvidos na pesquisa, na elaboração de novos materiais e cursos baseados em evidências científicas sobre autismo, desenvolvimento atípico e aprendizagem. Garantimos que todo conteúdo que encontrar aqui tem muita pesquisa e objetividade.